Pesquisar

Translate

Rede Social


O que é?
A Rede Social foi criada através da Resolução do Conselho de Ministros nº 197/97, de 18 de Novembro.
É um programa que promove o desenvolvimento social local e que pretende constituir redes de apoio social, envolvendo toda a comunidade de forma a resolver, eficaz e eficientemente, os problemas sociais de cada localidade. Pretende-se criar parcerias efectivas entre várias entidades, nomeadamente, autarquias, entidades públicas e privadas sem fins lucrativos, de modo a criar novas formas de conjugação de esforços, garantindo uma maior eficácia das respostas sociais.

Como se organiza?

A Rede Social materializa-se com a criação do Conselho Local de Acção Social (CLAS) e do Núcleo Executivo. O CLAS de Resende é constituído por um grupo de representantes de entidades públicas e privadas, que têm como objectivo promover o desenvolvimento social local, analisando e discutindo todo o trabalho realizado nesta matéria. Assim, as entidades com representação no CLAS são:
  • Agrupamento Vertical de Escolas de Resende;
  • Agrupamento 1096 do Grupo Nacional de Escutas;
  • Agrupamento 780 do Grupo Nacional de Escutas;
  • Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Resende;
  • Associação Social, Cultural, Desportiva e Recreativa Pró-Resende
  • Associação Laços D' Ouro
  • Câmara Municipal de Resende;
  • Casa do Povo de Resende;
  • Casa do Povo de S. Cipriano;
  • Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social;
  • Centro de Saúde de Resende;
  • Centro Social Casa de S. José;
  • Conferência de S. Vicente de Paulo;
  • Coordenação Concelhia do Ensino Recorrente de Resende;
  • Equipa de Coordenação dos Apoios Educativos Douro Sul – C;
  • Instituto Português da Juventude – Delegação Regional de Viseu;
  • Instituto de Reinserção Social de Lamego;
  • Irmandade de S. Francisco Xavier;
  • Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Resende;
  • Juntas de Freguesia do Concelho.
Este grupo de pessoas tem como função principal analisar os problemas sociais do Concelho e procurar as soluções necessárias, mediante a responsabilização e a participação das várias entidades.

Paralelamente, existe o Núcleo Executivo da Rede Social que é composto por um número mais restrito de entidades, sendo mais operativo, ficando responsável pelo desenvolvimento de todas as acções. Este grupo é composto pelos representantes das seguintes entidades:
  • Câmara Municipal de Resende
  • Santa Casa da Misericórdia de Resende;
  • Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social de Viseu;
  • Associação Pró-Resende;
  • Bombeiros Voluntários de Resende;
  • Casa do Povo de Resende;
  • Duas Juntas de Freguesia (foram escolhidos pelos homólogos, os Presidentes da Junta de Felgueiras e S. Martinho de Mouros).

Objectivos


Os objectivos gerais são a erradicação da pobreza e exclusão social, a concepção e avaliação das políticas sociais, a renovação e inovação de estratégias de intervenção.

Os objectivos específicos prevêem induzir o diagnóstico social e o planeamento participados, promover a coordenação das intervenções ao nível concelhio e das freguesias, procurar soluções para os problemas das famílias e pessoas em risco ou em situação de exclusão social, formar e requalificar agentes envolvidos nos processos de desenvolvimento local, promover uma cobertura adequada do Concelho por serviços e equipamentos, potenciar e divulgar o conhecimento sobre as realidades concelhias."



"Poderá interessar-lhe: | Carta Educativa | CPCJ Resende | Sala de Estudo"

***

"Veja: | Actividades | Plano de Acção | Plano de Desenvolvimento Social | Sistema de Informação | Diagnóstico do Concelho de Resende | Problemas Identificados no Concelho | Regulamento Interno | Contactos"



0 comentários:

Postar um comentário

comente aqui
...!...

Follow by Email

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email